Libro “Mulheres na periferia do urbanismo. Informalidade subordinada, autonomia desarticulada e resistência em Mumbai, São Paulo e Durban”

Mulheres na periferia do urbanismo
Informalidade subordinada, autonomia desarticulada e resistência em Mumbai, São Paulo e Durban

Luciana Itikawa. [Autora] 1063_Tapa
Sur-Sur.
ISBN 978-987-722-145-9
CLACSO.
Buenos Aires.
Diciembre de 2015

As terras ocupadas informalmente pela(o)s trabalhadora(e)s informais tornam-se territórios a serem tomados para futura produção imobiliária. Seus braços, como excedente da força de trabalho, atuam exercendo forte pressão no rebaixamento dos salários e rotatividade no emprego formal. Os regimes excludentes dos três países de acesso à terra e ao emprego urbanos têm sido decisivos para a manutenção de uma cidadania racionada que abre espaço para uma saída bifurcada: uma, virtuosa, através da articulação dos setores progressistas com avanços mais ou menos significativos; outra, viciosa, com um complexo mercado de cidadania, através da intermediação para o acesso aos direitos. Esta gestão da exceção seria construída por redes de sociabilidade na periferia para garantia de questões mínimas de sobrevivência, seja através de arranjos específicos de organização dessa própria população com hierarquias internas; quanto por atuação do Estado ou de ONG.
Anuncios

0 Responses to “Libro “Mulheres na periferia do urbanismo. Informalidade subordinada, autonomia desarticulada e resistência em Mumbai, São Paulo e Durban””



  1. Dejar un comentario

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s




Contáctanos

sjlatinoamerica@gmail.com

Escribe tu dirección de correo electrónico para suscribirte a este blog, y recibir notificaciones de nuevos mensajes por correo.

Únete a otros 3.775 seguidores

Sígueme en Twitter


A %d blogueros les gusta esto: